“THE TRUE COST” REVELA O LADO OCULTO DA INDÚSTRIA DA MODA

O aclamado documentário “The True Cost“, idealizado pelo cineasta Andrew Morgan e que teve a realização possível graças a uma campanha no Kickstarter, estava na minha lista para falar aqui no blog, e finalmente consegui.
Não se engane ao pensar que o documentário é apenas sobre moda: ele indaga sobre nossos hábitos de consumo, condições de trabalho na cadeia da moda e tem o objetivo de conscientizar para o problema. O tema central do documentário, o consumo exacerbado, os impactos ambientais da indústria têxtil e o resultado dessa produção excessiva na vida das pessoas e do planeta, dá um “tapa na cara” do espectador e nos faz repensar o jeito que consumimos atualmente.
O longa não aborda um tema particularmente novo, mas cria uma perspectiva completamente diferente sobre a indústria da moda. Qual é o verdadeiro custo por trás de camisetas sendo vendidas a 5 doláres? Qual é o lado oculto da fast fashion, a moda descartável? Como a indústria têxtil consegue manter um crescimento de 500% nos últimos 20 anos com produtos cada vez mais baratos? Comprar peças por 15 dólares é realmente democrático, sendo que nem quem produz as peças tem condições de comprá-las?
Morgan nunca tinha dado muita atenção a essas questões até 2013, quando se deparou com uma capa do The New York Times sobre o desastre do Rana Plaza, complexo têxtil em Dhaka, Bangladesh, cujo colapso acabou com a vida de 1138 trabalhadores e se tornou um símbolo das desigualdades decorrentes da produção de roupas baratas.
Diante de tantos questionamentos, o Morgan resolveu entender o que estava por trás da indústria da moda barata. Conversou com diferentes stakeholders da indústria global da moda, desde trabalhadores que ganham USD 2 por dia, até proprietários de fábricas têxteis (os famosos sweatshops), produtores de algodão, ativistas de direitos humanos e economistas que estudam o sistema. Os únicos que não deram seu parecer no documentário foram os grandes varejistas, que se recusaram a ceder entrevistas.

The True Cost é o documentário mais esclarecedor sobre fast fashion até o momento. Ele não só expõe o lado crítico da indústria da moda, como também mostra iniciativas que estão tentando revolucioná-la, como a estilista Stella McCartney, a marca Patagonia, a Fair Trade International, e de ativistas como Livia Firth e Orsola de Castro.

A mensagem mais importante é de que a mudança no sistema não está nas mãos apenas da indústria da moda. Mas cabe a nós, consumidores, mostrar nosso descontentamento e exigir mudanças por parte dos varejistas. ‘Vamos fazer nossa parte?

O documentário esta disponível no Netflix.

Deixe uma resposta